Sindrome do Stress Tibial Medial (CANELITE)

A Síndrome do Estresse Tibial Medial, popularmente conhecida como CANELITE, envolve dor progressiva em torno dos dois terços distais do aspecto póstero-medial da tíbia. A dor quase sempre é difusa, ao redor da tíbia na área conhecida como “canela”. No início observa-se dor após o exercício físico intenso. Mais tarde, o distúrbio piora, a marcha diária torna-se dolorosa, havendo dor rigidez pela manhã.

CAUSAS DA LESÃO

Sobrecarga, erros de treinamento, pronação excessiva da articulação subtalar, e uso de calçados inadequados, levam a um estresse da fáscia (tecido que reveste os músculos) e o periósteo ( revestimento do osso).

TRATAMENTO

Inicialmente, excluir a possibilidade de fratura por estresse da tíbia é fundamental, para isso, solicita-se, radiografia simples, para constatar se ocorreu a lesão. Descartando a possibilidade de fratura por estresse,  o tratamento que inclui:

  • Modificação da atividade, evitando impacto e sobrecarga, deve-se preferir a bicicleta ergométrica, ou exercício na piscina, para manter o condicionamento adquirido. As atividades de corrida e saltos devem ser suspensas, inicialmenrte, por um período de aproximadamente, 7 a 10 dias.
  • Uso de antiinflamatórios orais.
  • Gelo e/ou TENS, podem ser eficaz no início para reduzir a dor
  • Correção da pronação do pé, com tênis específico para pisada pronadora, e se houver necessidade palmilhas especiais.
  • Exercícios de alongamentos para os músculos da panturrilha.